Plugins

O CakePHP permite que você defina uma combinação de controllers, models e views e os distribua como um plugin empacotado de aplicação que os outros poderão usar em suas aplicações CakePHP. Você tem um módulo de gerência de usuários legal, ou um blog simples, ou quem sabe um módulo de webservices em uma de suas aplicações? Empacote-o como um plugin do CakePHP para poder incorporá-lo em outras aplicações.

A principal fronteira entre um plugin e a aplicação na qual está instalado é a configuração da aplicação (conexão da base de dados, etc.). Por outro lado, ele funciona dentro de seu próprio espaço, se comportando como se fosse a própria aplicação.

Criando um Plugin

Como um exemplo funcional, vamos criar um novo plugin que peça uma pizza para você. Para começar, vamos ter de colocar os arquivos de nosso plugin dentro da pasta /app/plugins. O nome da subpasta em que os arquivos do plugin ficarão é importante e será usado em diversos locais, então escolha-o sabiamente. Para este plugin, vamos usar o nome ‘pizza‘. Aqui está como a configuração de nosso plugin deve se parecer:

/app
     /plugins
         /pizza
             /controllers                <- os controllers do plugin vão aqui
             /models                     <- os models do plugin vão aqui
             /views                      <- as views do plugin views vão aqui
             /pizza_app_controller.php   <- o AppController do plugin
             /pizza_app_model.php        <- o AppModel do plugin

Se você quiser ser capaz de acessar seu plugin a partir de uma dada URL, torna-se obrigatório definir um AppController e um AppModel para o seu plugin. Estas duas classes especiais são nomeadas depois do plugin e estendem os respectivos AppController e AppModel da aplicação. Não há nenhuma novidade nos seus conteúdos, que para nosso plugin de pizza de exemplo, devem ser algos parecidos com:

// /app/plugins/pizza/pizza_app_controller.php:
<?php
class PizzaAppController extends AppController {
     //...
}
?>
// /app/plugins/pizza/pizza_app_model.php:
<?php
class PizzaAppModel extends AppModel {
       //...
}
?>

Se você se esquecer de definir estas classes especiais, o CakePHP irá dar um alerta sobre erros de “Missing Controller” enquanto você não os criar.

Controllers de Plugin

Os controllers de nosso plugin pizza serão armazenados em /app/plugins/pizza/controllers/. Como o propósito principal aqui é o pedido de pizzas, vamos precisar de um OrdersController para este plugin.

Ainda que não seja obrigatório, é recomendado que você dê nomes relativamente únicos para os controllers de seu plugin para evitar conflitos de namespaces com as aplicações residentes. Não é difícil de imaginar que a aplicação-pai possa ter um UsersController, OrdersController ou ProductsController; então você pode querer ser criativo com os nomes de controllers ou prefixar o nome do plugin ao nome da classe (PizzaOrdersController, neste caso).

Então, colocamos nosso PizzaOrdersController na pasta /app/plugins/pizza/controllers com um conteúdo semelhante a:

// /app/plugins/pizza/controllers/pizza_orders_controller.php
class PizzaOrdersController extends PizzaAppController {
    var $name = 'PizzaOrders';
    var $uses = array('Pizza.PizzaOrder');
    function index() {
        //...
    }
}

Este controller estende o AppController do plugin (chamado de PizzaAppController) ao invés do AppController da aplicação.

Perceba também como o nome do model é prefixado com o nome do plugin. Essa linha de código é adicionada apenas para deixar as coisas mais claras, mas não é necessária neste exemplo.

Se você quiser visualizar o que estamos fazendo, acesse /pizza/pizza_orders. Se tudo estiver certo, neste ponto você deve receber uma mensagem de erro sobre “Missing Model”, uma vez que nosso model PizzaOrder ainda não está definido.

Models de Plugin

Os models para o plugin são armazenados em /app/plugins/pizza/models. Nós já definimos um PizzaOrdersController para este plugin, então vamos criar um model para esse controller, chamado PizzaOrder. PizzaOrder é compatível com nosso esquema de nomeamento definido anteriormente de prefixar todas as classes de nosso plugin com Pizza.

// /app/plugins/pizza/models/pizza_order.php:
class PizzaOrder extends PizzaAppModel {
    var $name = 'PizzaOrder';
}
?>

Visitando /pizza/pizzaOrders agora (dando que vocêm tem uma tabela em seu bando de dados chamada ‘pizza_orders’) deve aparecer um erro “Missing View”. Vamos criá-la a seguir.

Se você precisa referenciar um model dentro dentro de seu plugin, você precisa incluir o nome do plugin com o nome do model, separado com um ponto.

Por exemplo:

// /app/plugins/pizza/models/pizza_order.php:
class ExampleModel extends PizzaAppModel {
    var $name = 'ExampleModel';
        var $hasMany = array('Pizza.PizzaOrder');
}
?>

Se você preferir que as chaves do array para a associação não tenham o prefixo do plugin nelas, use a sintaxe alternativa:

// /app/plugins/pizza/models/pizza_order.php:
class ExampleModel extends PizzaAppModel {
    var $name = 'ExampleModel';
        var $hasMany = array(
                'PizzaOrder' => array(
                        'className' => 'Pizza.PizzaOrder'
                )
        );
}
?>

Views de Plugin

Views se comportam exatamente como elas fazem em aplicações normais. Apenas as coloque na pasta certa dentro da pasta /app/plugins/[plugin]/views/. Para seu plugin de pedidos de pizza, precisamos de uma view para nossa ação PizzaOrdersController::index(), então vamos incluí-la bem como:

// /app/plugins/pizza/views/pizza_orders/index.ctp:
<h1>Order A Pizza</h1>
<p>Nothing goes better with Cake than a good pizza!</p>
<!-- An order form of some sort might go here....-->

Overriding plugin views from inside your application

You can override any plugin views from inside your app using special paths. If you have a plugin called ‘Pizza’ you can override the view files of the plugin with more application specific view logic by creating files using the following template “app/views/plugins/$plugin/$controller/$view.ctp”. For the pizza controller you could make the following file:

/app/views/plugins/pizza/pizza_orders/index.ctp

Creating this file, would allow you to override “/app/plugins/pizza/views/pizza_orders/index.ctp”.

Components, Helpers e Behaviors

Um plugin pode ter Components, Helpers e Behaviors como uma aplicação CakePHP regular. Você pode até criar plugins que consitem apenas de Components, Helpers ou Behaviors e pode ser um ótimo modo de construir componentes reutilizáveis que podem facilmente ser colocados dentro de um projeto.

Contruir estes componentes é exatamente o mesmo que contruí-los dentro de uma aplicação regular, sem nenhuma convenção especial de nomeamento. Referir a seus componentes de dentro do plugin também não requer nenhum referência especial.

// Component
class ExampleComponent extends Object {

}

// dentro de seus controolers de Plugin:
var $components = array('Example');

Para referenciar o componente de fora do plugin requer o nome do plugin para ser referenciado.

var $components = array('PluginName.Example');
var $components = array('Pizza.Example'); // referencia ExampleComponent em Pizza plugin.

A mesma técnica se aplica a Helpers e Behaviors.

Imagens de Plugin, CSS e Javascript

Você pode incluir arquivos de Imagens, Javascripts e CSS específicos em seu plugin. Estes arquivos ativos devem ser colocados em seu_plugin/vendors/img, seu_plugin/vendors/css e seu_plugin/vendors/js respectivamente. Eles podem ser lincados em suas views com os core helpers assim como:

<?php echo $html->image('/seu_plugin/img/my_image.png'); ?>

<?php echo $html->css('/seu_plugin/css/my_css'); ?>

<?php echo $javascript->link('/seu_plugin/js/do_cool_stuff'); ?>

Acima são exemplo de como lincar arquivos imagens, javascript e CSS para seu plugin.

É importante notar que /seu_plugin/ prefixe antes o caminho img, js ou css. Isso faz a mágica acontecer!

Plugin Tips

Então, agora que você construiu tudo, ele deve estar pronto para ser distribuído (embora nós sugerimos alguns extras como um readme ou arquivo SQL).

Uma vez que um plugin tenha sido instalado em /app/plugins, você pode acessá-lo pelo URL /pluginname/controllername/action. Em seu plugin exemplo de pedidos de pizza, nós acessamos nosso PizzaOrdersController em /pizza/pizzaOrders.

Algumas dicas finais ao trablalhar com plugins em suas aplicações CakePHP:

  • Quando você não tem um [Plugin]AppController e [Plugin]AppModel, você terá erros Missing Controller ao tentar acessar um controller de plugin.
  • Você pode ter um controller padrão com o nome de seu plugin. Se você fizer isso, você pode acessá-lo via /[pluguin]/action. Por exemplo, um plugin chamado ‘users’ com um controller chamado UsersController pode ser acessado em /users/add se não há nenhum controller chamado AddController em sua pasta [plugin]/controllers.
  • Você pode definir seus próprios layouts para plugins, dentro de app/plugin/views/layouts. Ou então o plugin usará o layout da pasta /app/vies/layouts por padrão.
  • Você pode fazer comunicação inter-plugin usando $this->requestAction('/plugin/controller/action'); em seus controllers.
  • Se você usar requestActions, tenha certeza que os nomes de controller e model sejam tão únicos o quanto possível. De outra forma você deve ter erros de PHP “redefined class ...”.